top of page
  • Foto do escritorGeovanne Solamini

Relembre as agências publicitárias em novelas da Globo

O dia 1º de fevereiro é tradicionalmente conhecido e comemorado no mercado da comunicação por ser o Dia do Publicitário, pois foi nessa data, que em 1966, a profissão foi regulamentada aqui no Brasil através do Decreto de Lei nº 57.690.


E já que a realidade é refletida na teledramaturgia, os profissionais da área e suas respectivas agências publicitárias também ganharam sua representatividade através de novelas de diferentes épocas, sobretudo na TV Globo.


Eu, que já trabalhei em uma, vivenciei na minha realidade muitas coisas que assisti em tramas que continham um núcleo dedicado a essa área tão grande e importante da nossa sociedade.


Por isso, hoje compartilho com vocês um texto de curiosidades com as principais agências publicitárias já existentes nas telinhas. Confira!


Cítera – Pecado Capital (1975)

Débora Duarte, Dennis Carvalho em Pecado Capital
Foto: Reprodução/Astros em Revista

Talvez o primeiro núcleo dedicado à publicidade em uma novela aconteceu em ‘Pecado Capital’ (1975), de Janete Clair. Na trama, existia a agência publicitária chamada Cítera, comandada por Nélio Porto Rico (Dennis Carvalho), localizada no Rio de Janeiro. 


O empreendimento, que começa de pequeno porte, ascende financeiramente no mercado quando passa a assumir a conta publicitária do Grupo Centauro, do qual Salviano Lisboa (Lima Duarte) é dono. 


Foi através dela também que Nélio lançou Lucinha (Betty Faria) como modelo.


Agência Publicitária - Sem Lenço, Sem Documento (1977)

Dois anos depois, uma agência de publicidade voltou a aparecer em uma novela em ‘Sem Lenço, Sem Documento’ (1977), de Mário Prata. A empresa em questão era de propriedade de Heleno (Jayme Barcellos) e passava por problemas financeiros no início da trama. 

É curioso destacar que a agência tem uma melhora quando Marco (Ney Latorraca), Bilé (Ivan Setta) e Jacques (Jonas Bloch) criam uma campanha publicitária para a marca de bicicletas Caloi, que incorporaria uma campanha real da Caloi Ceci – primeira bike desenvolvida especialmente para o público feminino.


BB & Salivas - Sassaricando (1987)

Em ‘Sassaricando’, clássico escrito por Silvio de Abreu às 19h, Beto (Marcos Frota) era dono da agência BB & Salivas, onde trabalhava com seu amigo Tadeu (Roberto Bataglin) na criação de campanhas publicitárias de marcas fictícias. 


A mais lembrada, sem dúvida, é a campanha da fábrica de cuecas Ding-Dong, da qual Kiki Lavigne (Célia Biar) é proprietária. 

Na ocasião, a empresária desejava lançar um comercial ousado na mídia, onde o foco era mostrar o bumbum do modelo escolhido, e por isso, era muito exigente com as opções apresentadas pelos dois.


Class Mídia – Sangue Bom (2013)

Após mergulharem no universo da imprensa em ‘TiTiTi’ (2010), Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari decidiram explorar outro ramo da comunicação, apostando fortemente no mercado publicitário, um dos principais núcleos da novela. 

Assim criaram a Class Midia, propriedade do renomado publicitário Natan Vasquez (Bruno Garcia). A agência contava com profissionais de categoria como Érico (Armando Babaioff), o gerente de planejamento e Sílvia (Mila Moreira), a diretora de mídia. 


O núcleo abordava fielmente a realidade de uma agência real, com sequências focadas em reuniões internas com o time, clientes, além de ter personagens em funções de atendimento, criação, design e até uma estagiária. 


Crash Mídia – Sangue Bom (2013)

No decorrer da história, Érico (Armando Babaioff) acaba sendo demitido por Natan (Bruno Garcia) devido a desentendimentos profissionais e pessoais com o publicitário, fato que o faz se movimentar para criar a sua própria agência.

Assim nasce a Crash Mídia, ainda na casa dos pais, que logo consegue um espaço só seu em um galpão na Casa Verde, em São Paulo. Ele conta com a ajuda de Sílvia (Mila Moreira) e outros amigos para erguer o empreendimento. 

Ele, então, assume as contas de marcas fictícias da novela como o Kim Park, Feijões Lancaster, Joalheria Quatre Mondes e do Iogurte You, além da marca de produtos de limpeza Mr. Músculo® - em uma ação de merchandising dentro da novela. 


Peripécia - Haja Coração (2016)

A última vez que uma agência apareceu em uma novela foi em ‘Haja Coração’, releitura de ‘Sassaricando’ (1987), assinada por Daniel Ortiz, que manteve o núcleo da versão original, porém com algumas modificações.

O núcleo deixou de ser uma agência publicitária e se tornou uma grande produtora audiovisual chamada Peripécia, de propriedade de Rodrigo Furtado (Paulo Tiefenthaler).

Nela trabalham o talentoso publicitário Beto (João Baldasserini), Henrique (Nando Rodrigues) e Felipe (Marcos Pitombo), que é filho de um dos sócios dela. 


E você lembrou de mais alguma? Comenta lá no post no Instagram!


Fontes: Memória Globo; Gshow; Teledramaturgia; Observatório da TV.

Comments


bottom of page