top of page
  • Foto do escritorGeovanne Solamini

15 cenas de novelas brasileiras que viraram memes

Com o avanço e a popularização da internet na última década, as redes sociais ganharam muita força, muito rapidamente. Uma delas é o Twitter, que permite a interação instantânea entre pessoas do mundo todo, com poucos caracteres. Nele foram criadas as hashtags, que proporcionam a unificação dos temas comentados nos tweets – os assuntos mais comentados, os trending topics, ficam em destaque na página inicial.


A rede social do passarinho inaugurou uma nova era na internet: os memes, imagens originadas das mais variadas fontes, sejam vídeos, sejam fotos, de pessoas populares ou desconhecidas, usadas em vários contextos diferentes. Claro que a TV brasileira não ficaria de fora. Erros de telejornais, momentos engraçados de programas de auditório e claro, as novelas, já viraram memes. Cenas de novelas antigas e atuais já viraram memes, desde a época do Orkut até o surgimento dos GIFs.


Neste texto, separamos 15 cenas de novelas brasileiras que viraram memes nas redes sociais, viralizados no mundo todo!


Nazaré confusa – Senhora do Destino (2004)

Começamos com o meme de maior sucesso nessa lista, inclusive internacionalmente, retirado da novela “Senhora do Destino”, exibida entre 2004 e 2005. Atrás das grades, a icônica vilã Nazaré Tedesco (Renata Sorrah) aparece pensativa em uma cena de super close na sua face confusa. O meme foi adaptado e foram inseridas fórmulas matemáticas – no exterior, Nazaré é conhecida como a “senhora confusa da matemática”.


O meme chegou ao seu auge em 2017, quando foi usado nas chamadas da segunda reprise de “Senhora do Destino” no “Vale a Pena Ver de Novo”, e em materiais promocionais do filme “Assassinato no Expresso do Oriente”, com vídeos inéditos estrelados pela própria atriz. Sobre o meme, Sorrah declarou: “Passei por uns meninos que jogavam bola, e eles: ‘Olha lá aquela mulher dos memes’. Tô com 50 anos de carreira, trabalhei a vida toda pra virar ‘a mulher dos memes!’ Mas adoro.”


“Eu sou rica!” – Beleza Pura (2008)

Na reta de final de “Beleza Pura”, a vilã Norma (Carolina Ferraz) discutia com Guilherme (Edson Celulari), dizendo que nunca seria presa por um motivo muito simples, que ela declarava a plenos pulmões: “eu sou rica!” A cena ficou eternizada, caindo no gosto popular, sendo um dos poucos aspectos da novela que ficaram na mente do público até hoje. Recentemente, o aplicativo TikTok passou a usar o meme como bordão, numa campanha estrelada pela própria Carolina Ferraz, além de outros famosos.


O suicídio de Ângela Vidal – Torre de Babel (1998)

Após muitas mudanças para que a polêmica novela “Torre de Babel” fosse aceita pelo público e sua audiência alavancasse, o autor Sílvio de Abreu definiu Ângela Vidal, personagem de Cláudia Raia, como a grande vilã da novela, numa das melhores atuações da atriz, num raro papel dramático. Curiosamente, o meme surgiu de uma cena muito trágica: no último capítulo, Ângela se vê encurralada ao receber ordem de prisão e acaba se atirando da sacada de um hotel. A cena chama atenção, principalmente, pelo boneco que foi usado para representar o corpo da atriz.


“Pobreza pega” – Belíssima (2005)

Fernanda Montenegro deu um show na pele de Bia Falcão, a grande vilã de “Belíssima”, sendo a personagem mais lembrada da história, protagonizando uma cena que virou até música. Em conversa com seu advogado Medeiros (Ítalo Rossi), Bia destila todo o seu preconceito ao planejar o sequestro de sua bisneta, Sabina (Marina Ruy Barbosa).


A frase “pobreza pega” fazia referência ao bairro que ela morava com a mãe. O mais curioso é que, em sua reprise no “Vale a Pena Ver de Novo”, essa cena tão esperada foi cortada da edição, o que frustrou os telespectadores – sabia mais sobre a cena aqui. Em 2020, a cena voltou a ser lembrada, com alguns internautas que diziam que Bia Falcão previu a COVID-19, numa tentativa de trazer bom-humor a um ano tão difícil.


Santana bebendo escondido – Mulheres Apaixonadas (2003)

Vera Holtz é uma das rainhas da internet, fazendo muito sucesso com suas fotos conceituais e cheias de crítica social, mas também com os memes criados a partir de suas personagens mais marcantes na TV – e não são poucas. A principal delas é Santana, uma das professoras da Escola Ribeiro Alves em “Mulheres Apaixonadas”. Alcóolatra, Santana deu visibilidade à doença que atinge, também, muitas mulheres no Brasil.


Mesmo sendo um personagem sério, de cunho social, os momentos de comédia involuntária da personagem acabaram eternizados. A cena mais lembrada pelos memes é quando ela roupa uma garrafa de whisky durante uma festa na mansão de sua aluna Marcinha (Pitty Webo), e a leva até o banheiro para beber escondida de todos, sendo flagrada por sua amiga e colega Adelaide (Lica Oliveira). Os memes se dão não apenas pelo contexto da cena, como também pelas diversas situações nas quais se encaixa.


A fuga de Marion – Paraíso Tropical (2007)

Mais um personagem de grande sucesso na carreira de Vera Holtz, a alpinista social Marion Novaes, de “Paraíso Tropical” (2007), perde a pose e terminava a novela virando camelô na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. A cena mostra Marion vendendo bijuterias como se fossem joias em uma feirinha do calçadão, quando o “rapa” chega colocando todos para correr. A cena é constantemente usada em formato de GIFs, fazendo a alusão à fuga de alguma situação.

Alexandre, o espírito do mal – A Viagem (1994)

Trecho da cena em que Alexandre (Guilherme Fontes) causa o acidente de Otávio (Antônio Fagundes) em “A Viagem” (1994) | Imagem: Reprodução

Em 1994, Guilherme Fontes ficaria marcado para sempre na cultura pop como Alexandre, rapaz sem caráter, maldoso e vingativo, que morria no começo de “A Viagem”, e seu espírito passava toda a novela influenciando negativamente as pessoas que ele julgava responsáveis por sua desgraça.  Os memes do personagem surgiram a partir desses momentos, colocando-o como o conselheiro do mal de figuras públicas que se comportam de maneira irresponsável ou desumana, principalmente membros da classe política brasileira.


O fim de Cristina – Alma Gêmea (2005)

Flávia Alessandra viveu Cristina, a grande vilã de uma das melhores novelas das 18h já feitas pela TV Globo, “Alma Gêmea”, que tratava de temas sobrenaturais, principalmente a reencarnação. No início da novela, Cristina fazia um pacto com uma força do mal, que vem buscá-la no último capítulo, arrastando-a para dentro de um espelho durante um grande incêndio na casa onde ela vivia (Cristina, claro, carregava consigo as joias pelas quais foi obcecada pela novela toda). A expressão da vilã, em estado de loucura, é usada em memes num contexto muito diferente dessa cena: juntamente com a frase “que hino!” e, à vezes, um botão de volume, Cristina ilustra a felicidade de se ouvir uma música muito boa ou muito nostálgica.


“Ah! Finalmente, os refrescos!” – Alma Gêmea (2005)

Imagem: Reprodução/Globo

Outra cena da mesma novela que marcou época e repercute na internet até hoje foi morte da mãe de Cristina, Débora (Ana Lúcia Torre). Em sua última cena na novela, a megera toma, acidentalmente, o suco envenenado que deveria ser servido à Rafael (Eduardo Moscovis). Antes de tomar o suco e morrer, Débora brinda e profere uma frase muito reproduzida até hoje: “finalmente, os refrescos”, utilizada quando algo que se espera há tempos finalmente acontece.


“Não estou disposta” – Babilônia (2015)

A última novela de Gilberto Braga no horário nobre (escrita com Ricardo Linhares e João Ximenes Braga) sofreu muito em todos os sentidos. Audiência, enredo e direção que acabaram deixando a novela desinteressante e sem rumo definido depois de muitas interferências na tentativa de cativar o público. O que a salvava do completo fracasso era seu elenco, cujo grande destaque foi a vilã-protagonista Beatriz (Gloria Pires). Logo no primeiro capítulo, ela dá um fora na insistente Inês (Adriana Esteves), uma velha amiga/inimiga, com uma simples frase: “não estou disposta, com licença”. No dia seguinte, a frase viralizou em todas as redes sociais, e logo se tornou um bordão da personagem, o que não tinha sido planejado por seus autores. Mas a insistência na frase acabou cansando o público. Apesar do sucesso inicial, não emplacou.


“Morena, tu tá metida com droga?” – Salve Jorge (2012)

Lucimar (Dira Paes) e Morena (Nanda Costa) em “Salve Jorge” (2012) | Imagem: Reprodução

A última novela de Glória Perez a retratar a cultura de outro país, “Salve Jorge” rendeu muito momentos absurdos, que obviamente viraram memes. Apesar de ter sido uma novela muito equivocada, também foi muito popular justamente por seus equívocos.  O principal de seus memes é o momento em que Lucimar (Dira Paes) conversa com a filha, Morena (Nanda Costa), e questiona se ela está envolvida com ou usando drogas ilícitas. Até hoje a cena é alterada para ilustrar vários contextos muito engraçados.


Sílvia de Duas Caras (2007)

Uma das vilãs mais loucas e sem sentido da TV, foi interpretada com muita entrega e intensidade por Alinne Moraes na novela “Duas Caras”. Ela protagonizava de cenas de total desequilíbrio e loucura, inclusive terminando a novela em um hospício, com direito até a camisa de força. Muitas de suas cenas são utilizadas na internet até hoje, em diversos contextos diferentes.


Perpétua humilhando Amorzinho – Tieta (1989)

Isso mesmo, uma novela de 32 anos atrás também teve sua contribuição para vários memes! Principalmente a cena onde a memorável Perpétua (Joana Fomm), uma beata conservadora e moralista, humilha Amorzinho (Lília Cabral) por conta de seu interesse sexual por homens. A cena ficou marcada pelo bordão “você é quenga”. Muitos anos depois, em 2012, a mesma frase virou meme novamente, em outra adaptação de uma obra de Jorge Amado, através de Dorotéia (Laura Cardoso), na segunda adaptação de “Gabriela” para a TV.


Flora e o seu “Beijinho Doce” – A Favorita (2008)

Flora (Patrícia Pillar) cantando “Beijinho Doce” no seu casamento falido com Dódi (Murilo Benício) em “A Favorita” (2008) | Imagem: Reprodução/TV Globo

Flora (Patrícia Pillar) é, sem dúvida, uma das melhores vilãs da teledramaturgia brasileira. Supostamente uma mocinha convencional até certo ponto da novela, Flora se revelou uma assassina de sangue frio e senso de humor ácido, prato cheio para muitas cenas marcantes e, consequentemente, muitos memes. Um dos momentos mais lembrados é quando Flora canta “Beijinho Doce”, o grande sucesso da dupla Faísca e Espoleta, que formou no passado com sua inimiga Donatela (Cláudia Raia). Na ocasião, ela cantava durante sua mal sucedida festa de casamento com Dódi (Murilo Benício). Tendo pago pela presença de todos os convidados na festa, Flora se revolta com o pouco interesse dos mesmos em seu show particular, humilhando seu público.


“É tudo culpa da Rita” e “Inferno” – Avenida Brasil (2012)

Assim como Flora, a Carminha de Adriana Esteves em “Avenida Brasil” (2012) foi mais uma vilã icônica criada pelo autor João Emanuel Carneiro. Todas as frases e reações histéricas de Carminha são lembradas e reproduzidas pelo público até hoje, mas essas duas expressões em especial ganharam destaque com a ascensão do Twitter em 2012, entre as pessoas que comentavam a novela, contribuindo para sua repercussão fenomenal na época.


Comments


bottom of page