top of page
  • Foto do escritorGeovanne Solamini

Diferente da direção, público não deixa os erros de edição passarem despercebidos em Amor Perfeito

Ainda que não seja um grande sucesso de audiência e também de repercussão nas redes sociais, os poucos comentários sobre a obra não poupam os deslizes que a Globo deixa passar


Imagem: Fábio Rocha/Globo

Há pouco mais de três meses no ar, ‘Amor Perfeito’ pode ser considerada uma grande preocupação para a Globo quando se trata de audiência e de repercussão nas redes sociais – termômetro esse que hoje em dia é fortemente considerado fator importante para uma obra, seja ele bom ou ruim.


Antes de mais nada, é preciso reconhecer que a trama escrita pelo trio composto por Duca Rachid, Júlio Fischer e Elísio Lopes Jr. está com uma audiência considerada até então razoável, ainda que menor comparada às suas antecessoras bem-sucedidas ‘Além da Ilusão’ (2022) e ‘Mar do Sertão’ (2022 – 2023), e constantemente atinge a casa os 20 pontos diariamente. De acordo com dados do Notícias da TV, até o momento a novela das seis acumula tem média de 19,2 pontos na Grande São Paulo e não deve passar disso...


O folhetim protagonizado por Camila Queiroz, Diogo Almeida e Levi Asaf não é considerado um fracasso em ambos os sentidos, só que não repercute na mesma proporção se comparado com outras tramas exibidas em outras faixas, por exemplo. Mas ainda assim, há quem comente cenas pontuais que são muito bem feitas, bem como os erros que chamam atenção do público.


O mais recente aconteceu no capítulo 82, exibido nesta quinta-feira (22), onde, de certa forma, parece que a equipe de edição responsável pela novela não percebeu um grave erro de continuidade na hora de montar o capítulo.


Continuidade incoerente

Imagem: Reprodução/Globo

Recentemente, ‘Amor Perfeito’ começou a ganhar desenhos mais interessantes com a chegada de novos personagens como Lucília (Kênia Bárbara), prima de Orlando (Diogo Almeida) que está colocando terror na novela com os seus planos de se vingar da família Rubião e, consequentemente, reaver o que é de direito de seu tio, o famoso Virgílio Lopes (Christovam Neto).


A personagem, que vem ganhando mais espaço de destaque nos recentes capítulos, não hesita em mostrar as suas garras e lutar pela herança que acredita ser de seu direito, mesmo contra o primo. Ela, então, decidiu provar a ligação entre Virgílio e Leonel Rubião (Paulo Gorgulho) após uma consulta com um advogado que a auxilia nesse processo e decide entrar com uma ação judicial para resolver tudo isso.


Assim, sabendo do caso extraconjugal que o tio manteve com Maria Eugênia, a mãe de Marê (Camila Queiroz), Lucília decidiu contratar um bandido para roubar as cartas que os dois trocavam às escondidas no passado e que estavam sob posses da protagonista, muito bem guardadas na casa de Verônica (Ana Cecília Costa).


O plano deu certo e o criminoso conseguiu encontrá-las, mas a sequência deste plano foi o que chamou atenção. Isso porque, no capítulo em questão, a fotografa aparece em uma sequência exibida no minuto 11:41 mostrando justamente as benditas cartas ao doutor que advoga a seu favor no caso.


Imagem: Reprodução/Globo

No entanto, a partir do minuto 17:07, ela aparece indo até a residência do criminoso para apanhar as correspondências — indicando assim um erro grave de continuidade na montagem do capítulo em questão.


As informações foram apuradas e confirmadas por este que vos escreve ao assistir o capítulo no Globoplay, após uma mera curiosidade de descobrir se se tratava de algum erro técnico na transmissão ou era coisa da edição do capítulo mesmo. Dito e feito!


Repercussão nas redes


Nas redes sociais, alguns dos poucos telespectadores que tecem comentários sobre a novela das seis, não deixaram esse erro passar despercebidos e fizeram questão de logo apontar que o capítulo foi editado e exibido com um erro de continuidade — algo que era mais comum há alguns anos e que hoje ainda acontece, mas com uma frequência menor.


“O erro de continuidade na edição das cenas com a Lucília procurando as cartas mesmo depois de ter encontrado... #AmorPerfeito”, aprontou um usuário identificado como Cleiton (@cleitonctv).
“No primeiro bloco já tinha passado a Lucília entregando as cartas ao advogado e já no segundo bloco passa ela buscando as cartas com o ladrão. Erro na edição que colocou as cenas foram de ordem. #AmorPerfeito, destacou o perfil Noveleiro (@NNoveleiro).
“É impressão minha, ou a novela teve um erro grotesco de edição? No começo do capítulo mostra a Lucília entregando as cartas pro advogado e agora mostra ela indo buscá-las com o ladrão. Oi?? #AmorPerfeito”, questionou um usuário chamado Gui (@guist93)

Erros parecidos não são de hoje

Imagem: Reprodução/Globo

É curioso mencionar que não é a primeira vez que a direção de ‘Amor Perfeito’, comandada por André Câmara, dá uma bola fora dessas. Em 8 de maio, a novela cometeu outro erro que, ainda que ao vivo ninguém percebesse, posteriormente viralizaria.


Na ocasião, Júlio (Daniel Rangel) afirmava que iria para Belo Horizonte, capital do estado de Minas Gerais, no qual a novela é ambientada para auxiliar no caso de Marê e, na sequência, foi exibida uma stock-shot indicando a ambientação da próxima cena da cidade citada.


O que foi mostrado, na verdade, era uma imagem antiga da Praça Ramos de Azevedo, localizada no centro de São Paulo — e para piorar: com um GC escrito “Belo Horizonte”. Um erro grotesco e que poderia ter sido evitado com um olhar mais atento do diretor artístico e de seus subordinados.


Tal acontecimento, após ser mencionado nas redes sociais novamente por quem vos escreve, repercutiu ao ser alvo de piadas, deboches e indignação por parte da “bolha noveleira”. Tanto esse último, quanto o mais recente, servem como um sinal de alerta para os profissionais envolvidos na direção e edição dos capítulos.


É fundamental que André Câmara e equipe prestem mais atenção nesses pequenos detalhes, que a princípio podem ser pequenos, mas que quando ocorrer, certamente tem lá suas influências na repercussão negativa não só da novela, mas como também da emissora. Ainda há tempo de correr atrás das falhas.


Comments


bottom of page